Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Começamos com as luzes apagadas

por Uma Família Dramática, em 17.09.14

Ontem jogou o Benfica e eu estava a trabalhar. Quando cheguei, fui recebida com um comentário muito romântico.

O meu dia foi agradável. Saí a horas, os clientes não me chatearam muito, (sem contar com a senhora que me perguntou 36 vezes se eu gostava mais de a ver com a camisola rosa ou com a verde). Não tive quase contacto com a cabra da nossa gerente. A minha filhota portou-se lindamente no infantário e a educadora disse-me que ela era a menina mais desenvolvida da sala. Tudo coisas boas!

Chego a casa e sou recebida com um comentário muito romântico. Ora então, atentem: "Opa que merda, o Benfica está a perder!".

O meu dia, ficou negro. E agora sou eu que digo. Que merda! O Benfica perdeu.

publicado às 15:34

Setembro Novo, Vida Nova

por Uma Família Dramática, em 16.09.14

Desde pequenina que, para mim, o ano novo começava em Setembro. Este sim, era o mês de mudança, de novos projectos, de novas promessas.

Este ano, não foi diferente. Cá em casa, decidimos adoptar um novo plano de poupança. O homem foi transferido (dentro da empresa) e a Mati vai entrar para a piscina. A única que anda um pouco perdida sou eu. Estou a tirar Direito, mas o meu sonho é Educação Básica. Não me matriculei no 2º ano, nem me candidatei a Educação. Sinto-me culpada, por estar a deixar os estudos em segundo plano mas, sinceramente, sinto que preciso de um tempo para decidir e perceber o que amo de verdade. Setembro, trouxe-me a coragem de parar um ano. Tirar um ano para mim, vou continuar no meu trabalho e vou aproveitar o tempo livre para as tarefas cá de casa e para pensar no que quero para o futuro. Talvez para o ano, ganhe coragem e vá para Educação.

publicado às 18:45

Era uma vez um telemóvel

por Uma Família Dramática, em 16.09.14
E lá se foi o vidro do telemóvel do homem!

publicado às 10:50

Prometo Falhar

por Uma Família Dramática, em 15.09.14

O meu companheiro dos próximos dias. Opiniões?

 

publicado às 15:31

Desafio #4

por Uma Família Dramática, em 15.09.14

Obrigada as queridas dos blogues Just Smile e Bomboca de Morango pela nomeação.

 

As regras são:

- Agradecer e colocar o link da pessoa que te nomeou 

- Colocar as regras e o prémio 

- Partilhar sete factos sobre ti

- Nomear quinze blogs inspiradores e comentar nos seus posts para eles saberem que foram nomeados

- Podes pôr, opcionalmente, o logo do prémio e segue o blog que te nomeou.

 

Os sete factos são:

  1. Sou extremamente nervosa.
  2. Passo-me com facilidade.
  3. Tenho vertigens.
  4. Tenho medo de filmes de terror
  5. Ia tendo um ataque de pânico no sudoeste com medo da multidão
  6. Estico o cabelo todos os dias
  7. Tenho medo do escuro

 

Nomeados:

publicado às 15:11

Já quer dar os primeiros passos...

por Uma Família Dramática, em 13.09.14

A Mati, tem 7 meses e já está a descobrir que existe uma outra forma de se deslocar, sem ser gatinhar. A mim, causa-me uma dor de cabeça gigante, já estou a imaginar todos os cenários trágicos possíveis. Quedas, que dão origem a queixos e cabeças partidas não são, de todo, um sonho de vida!

Se ela já era muito agitada, agora então, não vai querer parar um segundo. E eu? Quando estiver sozinha em casa, como faço?

Por aqui, pensamos em comprar um parque (daqueles que parecem um ringue!) ou um andarilho. E decidir entre um e outro?

O parque, só por si, já me mete confusão. Sempre que vejo um puto enfiado dentro daquelas 4 redes, sinto que a qualquer momento vai entrar um John Cena, para lhe fazer companhia. Mas depois, lembro-me que eu adorava brincar no parque de bolas do Mc'Donalds. A pior parte do parque é o facto de custar 150€ (aproximadamente) e da minha filha detestar estar presa. O que me leva a acreditar que esse dinheiro vai ser gasto num ringue parque que vai ficar a monte cá por casa.

Quanto ao andarilho descobri, recentemente, que muitos médicos não o acham seguro. No entanto, eu acho que ela ía adorar andar a passear pela casa fora com o seu novo briquedo, que além disso tem imensas actividades no tabuleiro, com as quais ela se podia distrair. Neste caso, os 150€ seriam entregues de boa vontade. (se bem que são sempre 150€!)

E se no fim sai tudo ao contrário? Alguma mamã, tia, avó, prima... que me queira dar algum conselho?

 

publicado às 15:47

Um Paraíso no Inferno

por Uma Família Dramática, em 13.09.14

"Ame incondicionalmente, nunca exageradamente, porque o amor não tem limites."

 

Esta frase, foi retirada do livro "Um Paraíso no Inferno" de Laura Alho.

Este foi o livro que me acompanhou nos últimos dias e estou tão triste, mas tão triste que tenha acabado. 

Quando a minha mãe chegou ao pé de mim, a contar que estava a ajudar uma nova escritora a publicitar o seu livro e que ela me tinha oferecido um, autografado, fiquei logo curiosa em ver de que se tratava. Devo confessar que a capa não me atraíu logo à primeira, mas a curiosidade era tanta...

Comecei a ler o livro um bocadinho a medo, mas ao fim de duas páginas estava rendida. Acho que ainda não encontrei as palavras certas para me expressar. Estou quase como o Fernando Pessoa e a teoria do fingimento artístico, primeiro sente a dor exacta, depois interioriza e no fim escreve a dor que se lembra. A própria poesia é sempre o resultado da primeira trajectória intelectual e nunca a passagem directa da emoção para o texto. 

Primeiro achei que devia esperar um pouco antes de escrever, porque acho que vai ficar muito por dizer, mas depois pensei que não conseguia seguir, sem partilhar com todos o quão satisfeita fiquei com esta obra.

Esta leitura puxou muito por mim emocionalmente. Confesso que chorei. De tristeza e de felicidade. Também me ri. E, em alguns momentos, cheguei mesmo a ter vontade de ir dar um safanão a umas personagens.

Rogério e Melissa, são os principais narradores. Estão a atravessar uma crise conjugal e chegam a extremos que, em momento algum, julgaram ser possível.

Não quero alongar-me muito sobre a história porque, de facto, este é daqueles livros que precisa mesmo de ser lido, para ser entendido. É uma história de amor mas também é uma inspiração, uma forma, indirecta, de aconselhar quem o lê. Porque todos nós, em determinados momentos da nossa vida, passamos por situações mais delicadas, em que precisamos de um conselho, de uma palavra, de uma certeza que tudo vai correr bem. 

Aprendi muito com ele. Percebi que nós podemos criar e viver o nosso Paraíso, mas que estamos demasiado conformados a viver no Inferno. 

Há coisas que não acontecem por acaso e é curioso que, este livro chegou a mim no momento em que eu mais precisava. Deu-me a força e a coragem, para lutar pelos meus sonhos. 

Estou mesmo muito feliz por ter tido a sorte de conhecer algo tão grandioso. Este vai ser um daqueles que nunca vou esquecer. Está na lista dos mais marcantes.

Aconselho, vivamente, todas as pessoas, a lerem. Não consigo dizer mais nada. Mas falta-me dizer muito!

 

"Ame incondicionalmente, nunca exageradamente, porque o amor não tem limites." 

 

publicado às 08:32

Desafio #3

por Uma Família Dramática, em 12.09.14

E os desafios não param de chegar. 

Desta vez a querida, Polpa da Fruta, nomeou-me para dar a conhecer 15 factos sobre mim!

 

  1. Viciada em livros, em média leio dois por semanas.
  2. Sou viciada em coca-cola. Se passar um dia sem beber, fico com um humor terrível.
  3. Adoro passar a ferro (por muito estranho que pareça)
  4. Fui mãe aos 20 anos.
  5. Estou noiva.
  6. Tenho o melhor companheiro e amigo, concentrado numa só pessoa.
  7. Estou num curso que detesto. Quase a cometer a loucura de o abandonar e entrar naquilo que amo.
  8. Sou muito pouco poupada. (Ando a aprender truques. Ou melhor, a tentar aplicá-los na minha vida)
  9. Eu e a minha mãe damo-nos como cão e gato.
  10. Não gosto de dormir muito.
  11. Adoro viajar.
  12. Detesto que me puxem o cabelo ou que me façam cócegas.
  13. Adoro o IKEA e a Zara Home. Perco a cabeça na roupa de bebé da Zara.
  14. Adoro contribuir em campanhas de solidariedade, especialmente nas que ajudam crianças.
  15. O meu sonho, era ser Educadora de Infância e/ou Professora.

 

publicado às 16:18

Desafio #2

por Uma Família Dramática, em 12.09.14

Obrigada às meninas do blog Wine&Lipstick pela nomeção.

 

Como já nomeei anteriormente, vou apenas responder às vossas questões.

 

1) Porque começaste o teu blogue?

  • Está no post anterior.

2) Qual a cidade dos teus sonhos? 

  • Itália.

3) Qual o primeiro item da tua bucket list?

  • Ter mais um filho.

4) O que é que tens sempre dentro da tua mala?

  • Maquilhagem e Dodots

5) Se pudesses tomar UMA medida para mudar o mundo, qual tomarias?

  • Eu sou muito dada à caridade, especialmente quando o assunto são crianças, portanto, apostava em centros de apoio para elas.

6) Que artigo de moda não tens e te faz suspirar?

  • Uma Louis Vuitton

7) Se tivesses que comprar toda a tua roupa numa loja, qual escolherias?

  • Atendendo às minhas possibilidades teria que me ficar pela Stradivarius.

8) Qual a tua comida preferida?

  • Bacalhau com Natas

9) Uma frase ou livro que te inspire?

  • O livro: "O Crime do Padre Amaro". 

10) O que mudarias na tua vida presente?

  • Ganhava o euromilhões.

publicado às 14:02

Desafio #1

por Uma Família Dramática, em 12.09.14

Antes demais quero agradecer à A Framboesa por me ter nomeado. O desafio foi aceite :)

 

 

Esta tag tem apenas estas regras a seguir:
- Colocar a imagem (que está em cima) no blog; 
- Responder ás 11 questões que te foram colocadas;
- Nomear entre 4 a 11 blogs (de preferência com menos de 200 seguidores) e dar-lhes 11 questões da tua autoria;
- Não podes nomear a blogger que te nomeou, tens que avisar todos os nomeados e deixar-lhes o link do post;
- Avisa a blogger que te nomeou para que ela possa ver as respostas ás suas questões.
AS QUESTÕES:

1- Qual o motivo que te levou a criar um blog?

  • Por vezes há pensamentos que vivem presos dentro de nós. A ideia do blog era exactamente poder dar vida a esses pensamentos. Reflectir sobre eles e, se possível, na partilha de ideias, conhecer a opinião e a forma como cada pessoa interpreta uma única situação. 

2- Qual é o objetivo que queres atingir com o blog?

  • Acima de tudo, quero partilhar histórias, desabafar momentos do quotidiano, de forma que, nos 10 minutinhos que ocupo a escrever no blog, não tenha mais nenhuma preocupação, além dessa. Depois, se a isto se podesse associar algum sucesso, ficaria muito feliz.

3- O que achas que não pode faltar num blog (para além dos posts...) para que este se torne um blog indispensável?

  • Na minha opinião, o blog deve ser actual e original.

4- Se te pedisse para criticares o meu blog o que dirias?

  • Eu ando por cá há pouco tempo, mas do que vi, não tenho nenhuma crítica a fazer. Acho que tem um design simples e clean!

5- Qual é o melhor blog que conheces? Porque?

  • Bem, esta é difícil. Há três blogs que adoro! 
    A Pipoca Mais Doce, porque adoro ver os looks, adoro o sarcasmo da autora, há dias em que me farto de rir com o que ela escreve e além disso é do Benfica!
    Cócó na FraldaA Pipoca Mais Dois, em relação ao primeiro, adoro adoro adoro, a forma como ela conta o dia-a-dia daquela família. Há dias em que sinto que ela está a falar da minha família. Fantástico! Quanto ao segundo, a minha filha é pouco mais nova que o Mateus, de forma que, gosto de ir vendo a evolução dele. E neste blog, adoro a publicidade porque, de facto, há momentos em que não sei o que comprar, nem onde comprar, para determinada situação e sigo os conselhos da Ana. 

6- Que imagem queres passar a quem visita o teu blog?

  • Gostava que o vissem como um blog familiar mas divertido.

7- Qual é na tua opinião o teu melhor post até hoje?

  • Essa não é fácil. Eu ainda tenho pouquinhos! E quantos aos outros blogues, já li muita coisa. Gostei de muitos, é difícil escolher um favorito!

8- O que achas que faz falta na blogosfera?

  • Acho que neste momento, já existe muito de tudo e de nada.

9- Alguém te apoia no que toca ao blog? Se sim quem?

  • Sim, o pessoal cá de casa! AHAHAH

10- Que tipo de posts mais gostas de fazer?

  • Adoro tudo o que esteja relacionado com a minha família e com opiniões sobre livros, filmes, séries...

11- Quem gostavas que te oferecesse uma parceria para o blog?

  • A Dodot ou a Chicco

 

 

OS MEUS NOMEADOS SÃO:

 

Polpa da Fruta

Me and My Boy

Soraya

Cutchi

ACinisga

Sem Tempo

O Meu Maior Sonho

 

 

AS MINHAS PERGUNTAS SÃO:

 

1- O que mudarias no meu blog?

2- Que temas te chamam mais a atenção, nos blogues?

3- Que livro me aconselharias?

4- Qual o filme da tua vida?
5- Qual a série que não consegues resistir?

6- Qual o teu troque de beleza?

7- Qual a peça, deste Inverno, que ainda não tens no armário?

8- Estudas ou Trabalhas?

9- Há algum sonho que ainda não tenhas conseguido realizar?

10- E se o teu blog se tornasse um blog de sucesso, como achas que irias lidar com a situaçao?

 

 

publicado às 12:51



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

2014